Vídeo do verdadeiro assassino da menina Isabella instala vírus no computador

Veja a mensagem Original como foi recebida, sem adições ou correções ortográficas.
” …Assasino da pequena Isabela é encontrado pela Polícia – A polícia encontrou o culpado que provocou a queda da menina de 5 anos do 6º andar de um prédio no Carandiru, zona norte de São Paulo .Seu pai o verdadeiro culpado da morte da pequena Isabela foi levado pela polícia, e o mesmo responderá por homicídio culposo. A Polícia fez a reconstituição do crime no apartamento em que a menina foi morta baseado nos relatos do assasino (Pai de Isabela)…”
Na época dos assassinato nenhum outro assunto causou tanta comoção na opinião pública como o caso da menina Isabella Nardoni, morta no dia 29 de março, jogada do 6º andar de um prédio em São Paulo.
Só no Google, pesquisando pelo nome nome Isabella Nardoni, aparecem 146.000 resultados, ultrapassando muitos outros assuntos importantes. No YouTube, vídeos em homenagem à pequena Isabella foram campeões de audiência, alguns com mais de 300.000 visualizações! Isso é compreensível, pois o modo como o crime aconteceu e, também, por se tratar de uma garota de apenas 5 anos de idade, emocionou e atraiu a curiosidade da população.
Para se ter uma idéia da dimensão que o crime tomou na internet, uma pesquisa da WNews mostra que mais de 1 milhão de pessoas usam a internet só para homenagear a menina, que completaria 6 anos no dia 18 de abril.
Aproveitando a carona da curiosidade que o caso gerou, e-mails foram enviados mostrando uma notícia bombástica: O texto dizia que foi encontrado o verdadeiro assassino de Izabella e que para assistir ao vídeo da notícia, bastava clicar no link que vinha junto ao texto.
Em uma das versões, o e-mail tem a aparência do portal G1! Um usuário inexperiente ao clicar no link é direcionado a uma página semelhante à do Portal Terra, que foi modificada com a inserção da noticia falsa!
No final da falsa notícia há um link para se assistir ao vídeo com verdadeiro assassino da menina (“A verdade que a TV não mostra”). Ao clicar no link que promete que “O vídeo revelará a verdadeira face do criminoso”, um trojan chamado Download.Win32.Banload.Kyf instala-se na máquina do usuário, deixando portas abertas para que algum hacker obter informações valiosas, tais como as senhas de banco.
Como descrito no IdgNow, “esse tipo de ameaça é chamada de phishing scam. Nesse sistema, piratas de computador enviam e-mails sugerindo que os internautas baixem programas, cliquem em links ou visitem sites maliciosos. Quando seguem a sugestão, as vítimas em potencial infectam seus computadores com programas geralmente desenvolvidos para o roubo de informações financeiras”.
A PcWorld fez um teste com 32 softwares de segurança e apenas oito deles detectaram o trojan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *