Victor H. Anderson (1917-2001)

Cofundador da tradição Feri, ou das fadas, Victor Anderson nasceu no Novo México e foi criado no Oregon.  Quando criança, contraiu uma doença que o deixou praticamente cego pelo resto da vida e fez dele um vidente psíquico. Dizia ter tido uma iniciação aos 9 anos de idade com uma senhora que o apresentou ao conciliábulo, formado principalmente por sul;istas. Eles reverenciavam os antigos deuses e os antigos poderes e destacavam a harmonia com a natureza, a magia, a celebração, a música e a dança extática.

Victor Anderson casou-se com Cora, uma mulher do Alabama cuja família praticava a magia popular, e eles se mudaram para a região da baía de São Francisco. Em 1959, iniciaram um menino das vizinhanças que mais tarde adotou o nome de Gwydion Penderwen. Inspirados no renascimento da bruxaria moderna, Victor e Gwydion escreveram rituais poéticos para a tradição das fadas, e eles combinaram bruxaria das fadas com huna havaiana, vodoum e o folclore celta,

Ao longo dos anos, diversas pessoas notáveis foram treinadas por Victor, incluíndo Alison Harlow, Starhawk, Francesca De Grandis e Ian Lurking Bear Anderson. Victor também escreveu um livro chamado Thorns of the Blood Rose.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *