Turquesa (fosfato de alumínio e cobre hidratado)

Pedra sagrada para os Budistas Tibetanos. Pedra da sorte para os turcos.

Símbolo do mar, que nos fala da profundidade da alma, e do céu que permite a ascensão ilimitada. De vibração fortemente curativa e de poderes mentais.

Era usada na homeopatia, em forma de glóbulos, elixires e tinturas para usos diversos.

Os Índios norte-americanos colocavam pó de turquesa nos alimentos para oferecer aos Deuses como agradecimento. Auxilia na regeneração dos tecidos. Traz alegria e ajuda no crescimento pessoal. Protege contra poluição e radiações do meio-ambiente. Auxilia a memória e o resgate de vivências do passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*