Teogonia, um introdução

Existem as coisas físicas, montanhas, lagos, rios, florestas, pântanos e por aí vai. Também existem os eventos, erupções, eclipses, terremotos, chuvas e por aí vai também.  Existem ainda as histórias que contamos sobre as coisas e os eventos, grande parte delas serve para tentar explicar porque elas começaram a existir. Delas surgiram os mitos da criação.

Mitos da Criação

As principais histórias de todos os povos são chamadas de mitos da criação. Falam de como as pessoas passaram a existir ou da criação dos mundos e do universo. Mais é consenso que todas tentam expressar a verdade de forma metafórica.

As Eras do Mundo

Como as arqueólogos se referem as eras como idade da pedra, dada do bronze, os povos antigos diziam o tempo em idades do mundo.

Geralmente essas teogonia, começam com a idéia de um mundo utópico, que vai sendo deteriorado ao longo da evolução da humanidade, culminando com desgraças e misérias. Um exemplo de sequência de eras é a teogonia grega, que divide o tempo em :

Idade do Ouro, um período de perfeitas inocência e felicidade, quando a verdade e a justiça prevaleciam. A guerra era desconhecida e os deuses andavam entre os humanos e mortais em uma eterna primavera.

Idade da Prata, um período de estações severas, sofrimentos, privação e mortalidade. OS deuses se retiraram da terra e os homens tinham de trabalhar duro lavrando o solo e construído casas.

Idade do Bronze, um período de guerra e violência, no qual homens poderosos se destruíam entre si.

Idade Heróica, os gregos inseriram aqui um período de semideuses e heróis que culminou com a guerra de Tróia.

Idade do Ferro, um período de trabalho, com excessiva criminalidade. Os ideais positivos são sufocados, ao passo que a ganância, a fraude, o ódio e a guerra governam o mundo.

Panteões

A palavra plantão significa todos os deuses que são honrados e adorados por uma pessoa. Cada cultura tem seu plantão, geralmente os deuses dos panteões são representações das personalidades das pessoas, ou das classes sociais ou ainda das habilidades.

As origens dos deuses são muito complexas e difíceis de estipular, muitos estudiosos acreditam que muitos mitos divinos tenham tido sua origem em pessoas reais.

Sucessões

Quanto mais tempo dura uma cultura, mais tempo seu panteão permanece.  Em regiões do mundo eles de sucedem geralmente devido a conquistas, miscigenação e assimilação.

As antigas civilizações do neolítico tinham como base o culto a deusa mãe.  Esses povos foram subjugados por tribos guerreiras da idade do bronze, de tradição patriarcal que cultuavam divindades masculinas.

Esse processo gerou religiões sintéticas que cultuavam ao mesmo tempo divindades masculinas e femininas.  E muitas vezes os panteões eram fundidos em um só, criando uma grande complexidade de deuses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *