Os Três Mundos

Na maioria do tempo de existência da humanidade as pessoas achavam que a erra era plana, e as representações do globo eram feitas em foram de disco.  As representações medievais colocavam a cidade de Jerusalém como centro do mundo conhecido pelos europeus. Acima da terra o céu formava uma bolha, o que tornou-se a morada natural dos deuses. A presença de cavernas, minas e poços fez as pessoas associarem esses lugares como a morada de demônio e monstros, o governo dos deuses do mundo subterrâneo.
Assim nosso mundo mortal era considerado a terra do meio ou midgard, como os nórdicos o chamavam. Os formandos desenvolveram um conceito de mundo muito peculiar.

Yggdrasil

Os escandinavos criaram um complexo sistema de explicar o mundo em nove camadas, as três principais são Asgard (acima), Hel (abaixo) e Midgard (meio). Eles são arranjados de vários modos, dependendo da versão da lenda. A mais usual é a organização dos mundos através da árvore da vida, onde os mundo ficam nas raízes e nos galhos do enorme eixo do mundo, YYggdrasil, que está alinhado no eixo de rotação da terra de forma que a copa da árvore aponta para a estrela do norte.
Asgard, lar de Odim fica no alto e Ljosalfheim, morada dos elfos, fica abaixo dele. Em seguida vem midgard e Nifheim, lar das brumas, que fica no norte, em baixo de midgard, fica muspelheim, terra dos gigantes do fogo, que fica ao sul. A maior parte dos interpretadores da árvore da vida, localizam jutunheim, lar dos gigantes de gelo ao leste e vahaheim, lar das vaqueiras ao oeste. Abaixo deles ficam svartalfheim, lar do selos escuros e anões e, em seguida, helheim, reino dos mortos. Uma ponte de arco-íris, conhecida como bifrost, corta o céu de asgard até os tronos de julgamento dos deuses embaixo das raízes da árvore. Em volta da terra de midgard, existe um enorme oceano, que vai até a extremidade do disco do mundo. O oceano bate nas escamas de jormungand, uma enorme serpente, que gira constantemente e mantêm a cauda na boca para que a água não derrame no espaço. Alem da serpente, existe os reinos de fogo e de gelo.

O Mundo das Tartarugas

Embora os escandinavos imaginassem o mundo como uma árvore, muitas tribos primitivas acham que a terra é uma tartaruga gigante que nada por um mar infinito. Por isso na América do Norte a terra é chamada de Grande Ilha Tartaruga. Na Índia acredita-se que aterra é sustentada nas costas de quatro elefantes colossais, e ele por sua vez, ficam sobre o casco de uma tartaruga gigante, que nada eternamente pelo espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *