Os Hermetica

Os hermética eram uma coleção de 42 livros sagrados supostamente escritos por Hermes Trismegisto. Ele é considerado o maior de todos os sacerdotes e o maior de todos os reis. O grego Hermes e o Egípcio Thoth foram comparados por ele.

Uma terceira manifestação foi o patriarca hebraico Enoch. Acredita-se que Hermes revelou a humanidade as artes da medicina, química, direito, astrologia e muitas outras.

O mais importante símbolo de Hermes é o caduceu, o cajado alado com duas serpentes.

Os escritos de Platão e Sócrates, assume a forma de diálogos com Hermes. Sua finalidade é chegar a compreensão da relação  entre os deuses e os homens.

Escritos em Alexandria no século III a.C. e século I d.C, esses livros exerceram enorme influÊncia no desenvolvimento da magia ocidental. A maioria se perdeu no incÊndio da biblioteca de Alexandria, os fragmentos que sobreviveram foram introduzidos na Europa pelos estudiosos mouros espanhóis no século XII.

O corpo principal dos escritos herméticos,foi traduzido para o latim em 1471, quando Cosme de Médici, o grande patrono da Renascença italiana em Florença, instruiu Marsilio Ficino a traduzir os manuscritos herméticos gregos que ele comprara em Bizâncio.

A recente criação da imprensa possibilitou a divulgação da hermética na Europa.

A Tábua de Esmeralda

A lenda conta que as seguintes palavras foram originalmente entalhadas em baixo relevo em uma única tábua verde-esmeralda. Por isso esse texto é chamado de tábua de esmeralda.

1. É verdade, sem mentira, muito verdadeira.

2. Que o que está abaixo é como o que está em cima, e o que está em cima é como o que está em baixo, realizando o milagre da coisa Una.

3. E assim como todas as coisas provieram do Uno, por mediação do Uno, assim todas as coisas nascidas provieram desta coisa una da mesma forma.

4. O sol é seu pai e a lua é sua mãe.

5. O Vento o traz em seu seio e a terra a sua nutriz.

6. Ele é o pai de toda coisa perfeita no mundo inteiro. Sua força é plena, se ela e convertida em terra.

7. Separarás a terra do fogo, o sutil do denso, suavemente e com grande esmero.

8. Ele se eleva aterra ao sol e de novo retorna a terra.

9. E desse modo recebe a força de cima e de baixo.

10. E desse modo possuirás toda a glória do mundo. Todas as atrevas serão claras para ti. Este é o poder de todo poder. Ele vence o que é sutil e penetra o que é sólido.

11. Desse modo foi o mundo criado. Disso sairão aplicações maravilhosas, das quais estes são os meios.

12. Portanto, chamado três vezes grande, pois possuo as três partes da sabedoria do mundo.

13. Assim expliquei completamente a operação do sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *