Orunmilá


Orunmilá é um orixá da mitologia iorubá, atualmente esquecido em território brasileiro, com exceção de algumas casa de xangô em Pernambuco.
O Orixá Orunmilá, é dono do oráculo, criador dos dezesseis opus que governam a vida e que permitem a decifração do destino. (Prandi, 113)
Na mitologia africana ele é reconhecido como Elegi Ipin, ou seja, A Testemunha da Criação, ou Ibeke gi Olodumare, o segundo ser da criação, ou vice-deus.  Pois acredita-se que foi o primeiro ser criado por Olodumare e assistiu a toda a obra da criação.
Muitas vezes ele é conhecido como Ifá, sendo confundido com o próprio jogo adivinhatório.
É certo que esse orixá em muitos mitos surge como quase que em igualdade com o criador, seja ele Olorum, Zambi, Olodumare ou Oxalá. Também é conhecido como Ifá, pois preside o sacerdócio de Ifá, o culto adivinhatório.
Estando ele presente a criação de todos os orixás, cada orixá ao ser criado foi consultar Orunmilá, para que esses lhe desse a compreensão de seu destino, como acontece com os humanos iniciados em cultos afro.
Não existe grandes referências de sincretismo de santos católicos com Orunmilá.

Referências :
Prandi, Reginaldo – Os Candomblés de São Paulo, HUCITEC, 1991.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *