O reino das fadas

O reino das fadas faz fronteira com o reino dos sonhos, ou mundo astral e está conectado com o aspecto divino de todos nós. Po meio do reino das fadas podemos entrar em contato com o poder sagrado mais diretamente, em um reino em que deuses e deusas podem falar e são reais.

Os portões do reino das fadas são encontrados apenas no sonho, mas também em vales encantados e clareiras de florestas, andeis de cogumelos, antigos círculos de pedra, colinas ocas, ratos irlandeses e ruínas cobertas por mato.

Existe a crença popular que as fadas formam círculos de cogumelos nos jardins, que seriam portais de comunicação desses seres com o mundo. Na verdade são formações de fungos que crescem em áreas onde a grama está morta. Esses cogumelos formam um círculo quase perfeito. 

Nesses lugares bastar entrar em transe ou adormecer, especialmente na noite de Beltane e Samhain, quando o véu entre os mundos está mais fino e os portões de bruma estão abertos.

Sempre que você for apanhado por uma neblina espessa, poderá ver no reino das fadas quando ele se erguer.

O reino das fadas é um reino de lusco fusco, iluminado apenas pelas estrelas, velas, vaga-lumes e pela aura dos seres vivos.

Nem o sol, nem a lua brilham no reino das fadas, mas tudo é iluminado mesmo assim. Os habitantes desse reino vivem em câmaras debaixo do chão, sob a água ou no alto das árvores. Eles também tem castelos de cristal e cortes aéreas no alto das montanhas ou em clareiras nas florestas. A única cidade do reino das fadas é chamada de Tyr ou Nog.

Esses lugares são apenas um glamour, ou ilusão, pois o reino das fadas tem a mesma consistência do nosso mundo, apenas não tem construções artificiais. Trata-se de uma dimensão paralela, ligadas por portais dimensionais.

Como lidar com as fadas.

O reino das fadas é governado por fórmulas rígidas e é aconselhado que aqueles que entram ness reino aprendam essa regras. A regra mais importante é nunca comer ou beber nada, a não ser que tenha trazido consigo.

As fadas são repelidas por meais, especialmente os magnetizados, por isso não se entra no reino das fadas usando metal, se você tiver um imã estará protegido por uma abdução indesejável.

Se você estiver no reino das fadas e quiser sair, basta tirar a camisa e vira-la ao contrário vestir novamente, assim você ficará invisível as fadas. Vire também os bolsos para fora.

Mais a principal regra é ser educado e cortês com as fadas, elas se ofendem facilmente, e poder ser muito vingativas.

Tipos de Fadas

Fada dos trevos. Figura de foram feminina com 90 centímetro de altura, representada por uma jovem de cabelos castanhos, mais pode expandir até a forma humana.  É fortemente associada a campos de trevo e usa uma túnica eureca da cor de um trevo.

É destemida e amigável, voa a mais ou menos um metro  e meio de altura.

Fada das Colina. Formato semelhante a uma jovem camponesa, plaina no nível da grama, apresenta-se quase totalmente de forma luminosa e não é muito sociável.

fada das Flores. É uma fada que gosta de sobrevoar as árvores. Seu corpo é composto de uma aura muito fina, a sua forma humana é de uma adolescente.

Fadas do verão ou Selies. São fadas gentis que guardam os valores morais e e’ticos

Fadas do Inverno. São fadas selvagens e insociáveis.

Como fazer contato com as fadas


Biografia :

O reino das Fadas, Geoffrey Hudson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *