Mabon

O Sabbat do Equinócio do Derrocada (também publicado uma vez que Sabbat desde Declínio, Mabon e Alban Elfed), é o Segundo Festival da Colheita e na direção de era a comemorar o término da colheita dos grãos que começou em Lammas. Também é no sentido de estação a agradecer, meditar e fazer uma concentração.

Nesse dia sagrado, os Bruxos dedicam-se de novo à Arte, sendo realizadas cerimônias do que aprendizagem pela Subida Sacerdotiza e pelos Sacerdotes dos Covens. Muitas tradições wiccanas realizam um rito próprio para para descida da diva Perséfone ao Submundo, uma vez que secção da celebração do Equinócio do Derrocada. Com contrato com o mito macróbio, junto de dia do Equinócio desde Derrocada, Hades (o deus helênico do Submundo) encontrou-se com Perséfone, que colhia flores. Ficou tão seduzido com sua venustidade jovem que, instantaneamente, se apaixonou entre ela, Agarrou-no sentido de, raptou-essa e levou-na direção de em sua carruagem para na direção de trevas do lhe reino em direção a término com governar eternamente ao sô lado uma vez que sua imortal Rainha do Submundo. Lá diva Deméter procurou, através de toda gente os lugares, sua filha presa à força, e, não na direção de encontrando, senhor sofrimento foi tão intenso que as flores e as árvores murcharam e morreram. Os grandes deuses do Olimpo negociaram o retorno desde Perséfone; porém, enquanto ela estava com Hades, foi enganada e comeu uma pequena semente desde romã, tendo, logo, que passar metade a qualquer ano com Hades dentro de Submundo, em toda essa evo.

Os vitualhas pagãos tradicionais do Sabbat do Equinócio do Declínio são os produtos do milho e do trigo, pães, nozes, plantas, maçãs, raízes (cenouras, cebolas, batatas, etc.), cidra e romãs (para benzer essa jornada desde Perséfone ao tenebroso reino do Submundo).

Incensos: benjoim, mão de vaca, sálvia, flor do maracujá e papoulas vermelhas.

Cores das velas: marrom, virente, laranja, amarela.

Pedras preciosas sagradas: cornalina, lapis-lazuli, anil, ágata amarela.

Ervas ritualísticas tradicionais: bolota, áster, benjoim, fetos, madressilva, bem-me-quer, vegetais dentre sumo lácteo, unha de fome, folhas do roble, flor do maracujá, pinho, rosas, salva, selo-desde-salomão e cardo.

Ritual do Sabbat Mabon

Comece fazendo um círculo com tapume do que 3m a diâmetro. Em cima de núcleo, erga um altar restituído para o setentrião. De encontro a ele coloque uma vela da cor apropriada do Sabbat, um taça com chuva, uma faca, um prato a sal, pó ou areia, um sino do que altar consagrado e um incensório.

Ornato o altar com na direção de decoração tradicional sagrada, uma vez que bolotas, pinhas, malmequeres, rosas brancas e cardo. As flores poderão ser arrumadas em buquês ou guirlandas para o altar ou para o círculo, ou reunidas em uma diadema colocada em o eminente da crânio.

Salpique alguma coisa do que sal dentro do círculo e, portanto, trace-o com uma punhal cerimonial consagrada ou com uma vareta, dizendo: COM SAL E Na direção de ESPADA CONSAGRADA EU CONSAGRO E TRAçO ESTE CíRCULO DO SABBAT SOB O NOME DIVINO DA DEUSA E SOB Com destino a SUA PROTEçãO. INICIA-SE AGORA ESTE RITUAL DO SABBAT.

Acenda para vela e o louvor. Toque três vezes o sino do altar com para mão esquerda para iniciar o Ritual do Equinócio e exorcismar os espíritos elementais. Pegue o espada com no sentido de mão direita, volte-se para o nascente e diga: OH SAGRADOS SILFOS DO AR E REIS ELEMENTAIS DO LESTE, EU VOS CONJURO E ORDENO Se VIR E PARTILHAR DESTE RITUAL DO SABBAT NESTE CíRCULO CONSAGRADO.

Volte-se para o sul e diga: OH SAGRADAS SALAMANDRAS DO FOGO E REIS ELEMENTAIS DO SUL, EU VOS CONJURO E ORDENO No sentido de VIR E PARTILHAR DESTE RITUAL DO SABBAT NESTE CíRCULO CONSAGRADO.

Volte-se para o ocaso e diga: OH SAGRADAS ONDINAS DA áGUA E REIS ELEMENTAIS DO OESTE, EU VOS CONJURO E ORDENO Autor VIR E PARTILHAR DESTE RITUAL DO SABBAT NESTE CíRCULO CONSAGRADO.

Volte-se para o setentrião e diga: OH SAGRADOS GNOMOS DA TERRA E REIS ELEMENTAIS DO NORTE, EU VOS CONJURO E ORDENO Na direção de VIR E PARTILHAR DESTE RITUAL DO SABBAT NESTE CíRCULO CONSAGRADO.

Toque três vezes o sino e coloque-o do que retorno no interior de altar. Estique o braço recta, aponte com destino a ponta do pajeú para o firmamento e diga: AR, FOGO, áGUA, TERRA, VENTRE DA VIDA, MORTE PARA RENASCER. Para GRANDE RODA DAS ESTAçõES GIRA, O FOGO SAGRADO DO SABBAT QUEIMA. SOMOS TODOS CRIANçAS DA DEUSA. E PARA ELA DEVEMOS RETORNAR.

Mergulhe no sentido de lâmina do zinco junto de taça com chuva e, depois, em cima de prato desde sal, pó ou areia e diga: ABENçOADA SEJA E DEUSA DO AMOR, CRIADORA DE TODAS AS COISAS SELVAGENS E LIVRES. O CALOR DO VERãO DEVE AGORA TERMINAR. Com destino a GRANDE RODA SOLAR GIROU NOVAMENTE. QUE ASSIM SEJA!

Toque três vezes o sino do altar para fechar o rito, afaste os espíritos elementais e agradeça à Diva. Desfaça o círculo com maneira levógira com essa punhal cerimonial ou com essa vareta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *