Grandes Feiticeiros da História da Humanidade

empre existiram grande feiticeiras ao longo da história da humanidade, embora ele fosse conhecidos por outros nomes, como profetas, xamãs, magos, druídas.

Pinturas em cavernas de mais 20 mil anos, representam xamãs entre os animais. Acredita-se que os xamãs dforam os primeiros artístas, artãos, músicos, sem contar os médicos das sociedades primitivas.

Os xamãs tem a características de poderam fazer jornadas espirituais fora do corpo, buscando respostas e soluções para os problemas de seu povo.

Por isso os xamãs primitivos são os ancestrais de todas as bruxas e feiticeiras atuais.,

Infelismente os nomes de muitos feiticeiros antigos foi perdido devido a perseguição religiosa, por isso as informações sobre os mesmos nos chegam de forma fragmentada e por via oral.

Difícil criar uma lista de todos os grande magos da antiguidade, mais temos a seguir uma lista dos principais.

Raposa Curvada – período neolítico.

Cham-Zoroastro – 7450 a.C.

Imhotep – 2635 a.C.

Dedi de Dedsnefru – 2500 a.C.

Moisés – 1668 a.C.

Asclépio – 1600 a.C.

Rei Salomão – 970 a.C.

Lao Tsé – 600 a.C.

Zarastustra – 630 a.C.

Pitágoras – 580 a.C.

Arquimedes – 287 a.C.

Apolônio de Tiana – 30 d.C.

Simão o Mago – 20 d.C.

Apuleio – 124 d.C.

Zózimo de Panópolis – 250 d.C.

Maria, a Judia – Século IV

Hipácia de Alexandria – 370 d.C.

Merlin – 440 d.C.

Alberto Magno – 1206-1280

Roger Bacon – 1210-1293

Honório III – Papa de 1216 à 1227

Pedro de Abano – 1250 à 1310

Nicolas Flamel – 1330 à 1418

Abramelin, o Mago – 1362 à 1460

Leonardo Da Vinci – 1452 à 1519

Tritêmio – 1462 à 1516

Nostradamus – 1503 à 1566

John Dee – 1527 à 1600

Giordano Bruno – 1548 à 1600

Giovanni Battista Della Porta – 1538 à 1615

Simon Forman – 1552 à 1611

Thomas Harriot – 1560 à 1621

Sir Francis Bacon – 1561 à 1626

Robert Fludd – 1574 à 1637

William Lilly – 1602 à 1681

Johann Rudolph Glauber – 1604 à 1668

Benjamin Franklin – 1706 à 1790

Conde de Saint Germain – 1707 à 1784

Giacomo Casanova – 1725 à 1798

Conde Alessandro Cagliostro – 1745 à 1795

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *