Francis Barret – Século XIX

Pouco se sabe sobre francis Barret além de sua autoria da obra The Magus, uma compilação de ocultísmo  a magia publicada em Londres, em 1801, e que é um ponto de referência a magia moderna.

Barret se dizian estudar química, matafísica e filosofia oculta. Era um homen excêntrico que dava aulas de artes mágicas em seu apartamento e passava várias horas traduzindo meticulosamente textos cabalísticos e antigos para o inglês.

The Magus trata da magic natural das ervas e pedrars, da magnetism, da magia talismânica, alquimia e de outros meios de criar a pedra filosofal, numerologia, quatro elementos e biografias de famosos adeptos da história

Barret tinha um interesse apaixonado por reviver a paixão pelo oculto, usou seu livro como ferramenta publicitária e transformou Cambridge em um centro de magia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *