Feto Agarra Mão de Médico

O caso a seguir traz incrível história do feto que agarrou a mão do médico durante cirurgia!

Na foto acima, que de qualquer forma chama a atenção e nos faz pensarmos em diversas possibilidades, um bebê, chamado Samuel Alexander Armas segura a mão do médico durante o pré-natal da mãe. Nos testes foi diagnosticado que o feto tinha a coluna vertebral fissurada e não sobreviveria se não fosse operado ainda no útero de sua mãe. Ele tinha 21 semanas. 
Julie Armas, a mãe do pequeno Samuel – enfermeira obstetra em Atlanta -, ficou sabendo que o Dr. Joseph Bruner (Vanderbilt University Medical Center, em Nashville) poderia realizar esse tipo de procedimento cirúrgico de elevado risco em seu filho. Procurado pelos pais de Samuel o Dr.Bruner realizou a delicada cirurgia. Durante o procedimento, o médico retirou o útero do abdomem da mãe e fez uma pequena incisão para poder operar a criança. Quando Dr. Bruner estava terminando a cirurgia, o bebê surpreendentemente estendeu sua pequenina mão pela incisão uterina ainda aberta e agarrou a mão do cirurgião com firmeza. 
Um fotógrafo capturou esse acontecimento impressionante com perfeita nitidez. Os editores nomearam a foto como “Mão da Esperança”. O texto a seguir, conforme publicado, explica o fato: 
“A pequena mão do feto de 21 semanas, Samuel Alexanders Armas, emerge do útero de sua mãe para agarrar o dedo do Dr. Joseph Bruner como se estivesse agradecendo ao médico pela sua vida.” A mãe do pequeno Samuel diz que eles “choraram por dias” quando viram a foto. Ela disse: “A foto nos lembra que minha gravidez nada teve a ver com deficiência ou doença, mas sim com o dom de dar a vida a um pequeno ser humano.”
Samuel nasceu com perfeita saúde no dia 2/12/1999. A operação foi 100% bem sucedida. Agora veja as fotos do ato cirúrgico e da criança alguns meses depois! NADA É POR ACASO…então nunca desista!!!” 
As fotos são reais! Porêm algumas partes do texto são falsas!
No dia 19 de agosto de 1999, o Dr. Joseph Bruner chefiou uma equipe de cirurgiões para fazer uma operação revolucionária para a época: o feto, que tinha apenas 21 semanas de gestação, estava com uma lesão na coluna e foi submetido a um arriscado e inovador procedimento. Os médicos abriram a barriga da mamãe, tiraram a bolsa com a criança dentro, drenaram o líquido amniótico, cortaram a placenta e operaram o feto. Rapidamente, colocaram a criança de volta lá dentro e, em dia 2 de dezembro de 1999, o pequeno Samuel nasceu saudável.
A notícia se espalhou pelo mundo e apessoas criativas a alteraram um pouco. O texto que acompanha as fotos diz que o bebê agarrou a mão do doutor, mas não foi isso qu aconteceu.
Em entrevista ao jornal USA Today, o doutor explica que a mamãe estava completamente anestesiada e, dessa forma, o feto também estava inerte e não conseguiria fazer nenhum movimento. O Dr. Bruner conta que ele mesmo pegou a mão de Samuel para testar seus reflexos.
Conclusão : História fictícia montada em cima de uma foto real.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *