Eliphas Levi (1810-1875)

Eliphas Levi era o pseudônimo de Alphonse Louis Constant, um ocultísta franncês que reviveu o interesse pela magia no século XIX, dando continuidade ao movimento iniciado por Francis Barret.

Era considerado mais comentarísta do que adepto, embora dizia praticar a necromância e havido até conjurado o espírito de Apolônio de Tiana.

Dizem que era seguidor de uma passoa chama Ganneau, que dizia ser a reencarnação de Luís XVII, também acredita-se que aprendeu os mistérios dos arcanos com um polonês chamado Hoene-Wronski.

O nome Magus Eliphas Levi, significa o equivamente hebráico de seu nome fracês.

A obra mais famosa de Eliphas Levi é o Ritual de Dogma de Alta Magia, seu primeiro livro, depois ele escreveu História da Magia, Magia TranscendentalA Chave dos Grandes Mistérios e muitos outroas livros de ocultísmo.

Levi, influênciou o ocultísta inglês Edward Bulwer-Lytton, que iniciou um grupo de estudos chamado  Ordem Hermética da Aurora Dourada, fundada em 1888.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *