Domus Mortem



A polemica de hoje envolve um site chamado Domus Mortem que mostra um gato, em uma webcam ao vivo, onde pede para o visitante decidir sobre a vida ou morte do bichano. Verdade ou Mentira ? Ë o que vamos saber.





Pertubador,  não existe nada no site, além de uma única página com um vídeo mostrando um gato preso em uma jaula. 

Abaixo, um painel de votação com duas opções:

“Salve o gato” e “Mate o gato”.

Um relógio marca o tempo restante para o final da votação. 

Felizmente a história é falsa !

A ideia pode ter sido copiada do filme de ficção “Sem Vestígios” (Untraceable, em inglês), de 2008, um maluco prende suas vítimas e avisa que quanto mais visitas o site alcançar mais rápido suas presas morrerão. 

Veja um trecho abaixo:


Usar um gato como vítima foi uma escolha estratégica, muita gente gosta de  gatos!
Em 2003, circulou uma história de que estaria vendendo gatos presos em garrafas de vidro
Na época a história falsa dos gatos bonsai foi um escândalo que envolveu até o FBI! O gato na jaula O blog Johnnypet mostra que o vídeo é, na verdade, uma série de curtos trechos de vídeos que se repetem – em loop – dando a impressão de que há um gato enjaulado 24 horas por dia. O filme abaixo mostra um resumo de várias horas e prova que há umloop de imagens repetidas.
Algumas horas depois do vídeo acima ter sido publicado no Youtube, o Domus Mortem mudou a filmagem do gato enjaulado, como mostra a foto abaixo:
Existem também muitas falhas no site. 
O blog Poison Express mostrou que o relógio com a contagem regressiva do site não é linear. 
Zeus In Memoriam fez uma  pesquisa sobre os domínios“domusmortem.com” e “domusmortem.net” e descobriu que eles pertencem à agência “Icons4u & Desing Ltda“. e o responsável técnico pelos domínios se chama Leonardo Sobral. De vez em quando, em seu perfil no Twitter, Leonardo comenta sobre o site.
Icons4u é uma agência especializada em marketing direto e cria campanhas para vários veículos, sobretudo, para a web.
Para votar entre salvar ou matar o gato, o internauta precisa se cadastrar no sistema. O cadastro deverá ser usado no futuro para o envio de promoções.
De acordo com a matéria publicada pelo ANDA (Agência de Noticias dos Direitos Animais), a polícia de São Paulo abriu um inquérito policial sob o nº 287/11 na 1ª Delegacia do Meio Ambiente de SP – a pedido do Ministério Público – para que se apure a apologia à violência contra animais mostrada pelo site domusmortem.com.
Na mesma matéria publicada hoje no Anda, o técnico cinematográfico Josmar Bueno Junior, de 38 anos, é o produtor do Domus Mortem e também sócio-diretor da produtora “Guela Cine Produções”.
Segundo Josmar, em entrevista à ANDA, “a ideia era entreter o público dentro de uma proposta de dramaturgia ficcional ainda sem um formato definido. O site na verdade é o produto, mas ainda não sabemos aonde vamos chegar. Depois dessa repercussão é provável que tentemos comercializar algo baseado nessa produção”, afirmou o produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *