Caso de Preconceito em Voo da TAM

A história de hoje fala do caso de uma passageira que se recusou a se sentar ao lado de um negro em um voo da companhia aérea TAM e seu inusitado desfecho.

Leia a mensagem original recebida por e-mail, sem edições ou correções :

Versão de 2009


“Aconteceu na Tam, pessoal, é verídico !!! Uma mulher branca, de aproximadamente 50 anos, chegou ao seu lugar na classe econômica e viu que estava ao lado de um passageiro negro. Visivelmente perturbada, chamou a comissária de bordo. – Qual o problema, senhora? – pergunta a comissária… – Não está vendo? – respondeu a senhora; vocês me colocaram ao lado de um negro. Não posso ficar aqui. Você precisa me dar outra cadeira. – Por favor, acalme-se – disse a aeromoça; infelizmente, todos os lugares estão ocupados. Porém, vou ver se ainda temos algum disponível. A comissária se afasta e volta alguns minutos depois. – Senhora, como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe econômica. Falei com o comandante e ele confirmou que não temos mais nenhum lugar na classe econômica. Temos apenas um lugar na primeira classe. E antes que a mulher fizesse algum comentário, a comissária continua: – Veja, é incomum que a nossa companhia permita à um passageiro da classe econômica se assentar na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável. E, dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu: – Portanto senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois reservamos para o senhor um lugar na primeira classe.. E todos os passageiros próximos, que, estupefatos assistiam à cena, começaram a aplaudir, alguns de pé. Se você é contra o racismo, envie esta mensagens aos seus amigos, mas não a delete sem ter mandado pelo menos a uma pessoa.”

Uma versão mais antiga


“A seguinte cena aconteceu em um voo da British Airways entre Joanesburgo (África do Sul) e Londres. Uma mulher branca, de aproximadamente 50 anos, chegou ao seu lugar na classe económica e viu que estava ao lado de um passageiro negro. Visivelmente perturbada, chamou a comissária de bordo. – “Qual o problema, senhora?”, perguntou a comissária. – “Não está vendo?” – respondeu a senhora – “vocês me colocaram ao lado de um negro. Não posso ficar aqui. Você precisa me dar outra cadeira”. – “Por favor, acalme-se” – disse a aeromoça – “infelizmente, todos os lugares estão ocupados. Porém, vou ver se ainda temos algum disponível”. A comissária se afasta e volta alguns minutos depois. – “Senhora, como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe económica. Falei com o comandante e ele confirmou que não temos mais nenhum lugar nem mesmo na classe económica. Temos apenas um lugar na primeira classe”. E antes que a mulher fizesse algum comentário, a comissária continua: – “Veja, é incomum que a nossa companhia permita a um passageiro da classe económica se assentar na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável”. E, dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu: – “Portanto, senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois reservamos para o senhor um lugar na primeira classe…” E todos os passageiros próximos, que, estupefactos, assistiam à cena, começaram a aplaudir, alguns de pé.”

Atitudes dignas e elogiáveis, porem será que é ver dade ?

O site E-Farsas entrou em contato – via e-mail – com a TAM questionando sobre a veracidade do texto.
A resposta da empresa foi:

“FALE-37510367

São Paulo, maio de 2011

Prezado Sr. Gilmar,

Recebemos seu e-mail enviado ao serviço Fale com o Presidente e agradecemos sua atenção em entrar em contato conosco.Soubemos de suas observações com relação ao fato mencionado, porém gostaríamos de esclarecer que a TAM não possui nenhum registro do ocorrido.
Queremos que saiba que permanecemos, como sempre, à disposição para conhecer suas opiniões.

Atenciosamente,

Equipe Fale com o PresidenteTAM Linhas Aéreas S/A

essa história é uma variação de outra mais antiga só que o caso teria acontecido com outra empresa, a British Airways em um vôo entre Johanesburgo e Londres.

Nesse fórum, em inglês, um membro postou a história, que teria acontecido na British Airways, mas também foi desmentido pelo SAC da empresa. Abaixo, a versão em inglês:

“On a British Airways flight from Johannesburg, a middle-aged, well-off white South African Lady has found herself sitting next to a black man. She called the cabin crew attendant over to complain about her seating. “What seems to be the problem Madam?” asked the attendant. “Can’t you see?” she said ” You’ve sat me next to a kaffir. I can’t possibly sit next to this disgusting human. Find me another seat!” “Please calm down Madam.” the stewardess relied. “The flight is very full today, but I’ll tell you what I’ll do-I’ll go and check to see if we have any seats available in club or first class.” The woman cocks a snooty look at the outraged black man beside her (not to mention many of the surrounding passengers). A few minutes later the stewardess returns with the good news, which she delivers to the lady, who cannot help but look at the people around her with a smug and self satisfied grin: “Madam, unfortunately, as I suspected, economy is full. I’ve spoken to the cabin services director, and club is also full. However, we do have one seat in first class.” Before the lady has a chance to answer, the stewardess continues … “It is most extraordinary to make this kind of upgrade, however, and I have had to get special permission from the captain. But, given the circumstances, the captain felt that it was outrageous that someone be forced to sit next to such an obnoxious person.” With which, she turned to the black man sitting next to the woman, and said: “So if you’d like to get your things, sir, I have your seat ready for you…” At which point, apparently the surrounding passengers stood and gave a standing ovation while the black guy walks up to the front of the plane. .. people will forget what you said …. .. people will forget what you did …. .. but people will never forget how you made them feel.” 

Hoje se sabe que essa história é uma variação de uma piada inglesa. Pena que não é verdade, pois a moral da história é muito boa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *