CARTOMANCIA – O SIGNIFICADO DAS CARTAS

Tão importante como a quiromancia é a cartomancia (leitura do destino pelas cartas). A cartomancia revela o passado, o presente e o futuro. Foi uma arte profundamente estudada pelos ciganos, que a foram transmitindo. Nas cartas de um baralho, instrumento de jogo, de azar ou de sorte, muita coisa se pode saber.

Para se ler o destino pelas cartas pega-se um baralho que em geral tem 40 cartas, divididas do seguinte modo:

1.a — COPAS. 2.a — ESPADAS. 3.a — OUROS. 4.a —PAUS. Todas contendo 10 cartas com diversos significados, assim distribuídos:

COPAS
REI — Um senhor idoso se opõe ao seu casamento, mas para o seu próprio bem. Pode ser seu pai ou mesmo um parente meio afastado, mas honesto. Tome cuidado. Não facilite com o seu atual namorado que pretende pedir sua mão e sabe que você está de acordo com isso. Chegou o momento de você agir com o cérebro e não com o coração. Dentro de pouco tempo você verá que esse parente tinha razão.
VALETE — Um moço pobre almeja sua mão. Você o despreza porque ele é pobre, mas no fundo o ama. Não sabe distinguir se é o amor ou compaixão. Mas é sim- plesmente amor, porque esse moço é digno de amor. Muito breve, ele estimulado por você, começará a ganhar dinheiro e será rico. É esse o futuro previsto para esse modesto rapaz.
DAMA — Jovem loira e inimiga deseja conquistar esse senhor idoso que anda de olho em você. Deixe que ela o leve, mesmo porque a fortuna desse homem é tem- porária. Não faça tanto caso do dinheiro. Deixe que a felicidade venha em primeiro lugar. É mais importante.
SETE — Sem que você espere vai receber dinheiro em quantidade. Talvez uma herança de algum parente que você mal se lembra que exista. No entanto não fique preocupada quanto aos seus. Não será herança provinda da morte de seu pai ou de sua mãe.
SEIS — Morte na família.
CINCO — Doença de um parente bem próximo, mas sem perigo de morte. QUATRO — Grave acidente em viagem, com você. Procure evitar viagens durante

dez dias. Permaneça em sua casa, sossegadamente, que nada lhe acontecerá.
TRÊS — Casamento próximo, mas infeliz. Você escolheu mal. Não seguiu a voz do

seu coração.
DOIS — Uma inimiga lhe roubará o seu amor e você ficará despeitada. Evite

permitir que esse despeito a leve à calúnia e maledicência.
ÁS — Um grande presente virá de alguém que você já se esqueceu.


ESP ADAS
REI — Homem de muito dinheiro vai passar pela sua vida. Não se iluda. Você não o amará, apesar de toda sua fortuna.
VALETE — Um moço pobre, moreno e inteligente também passará. Ele também a ama.
DAMA — Amiga invejosa tentará destruir sua felicidade. É morena, de estatura mediana, maliciosa e perversa. Tudo fará para ver você infeliz. Você deve tê-la prejudicado indiretamente em algum dia de sua vida passada, porque ela, apesar de fingir grande amizade, a odeia.
SETE — Uma paixão forte dominará seu coração. SEIS — Seus esforços serão inúteis no próximo negócio, que está destinado ao fracasso.
CINCO — Casamento à vista. Tome cuidado porque há pessoas interessadas em desmanchá-lo. Não acredite em cartas anônimas.
QUATRO — Muito brevemente o correio trará uma grande notícia.
TRÊS — Uma deliciosa surpresa o espera. No entanto, não fique muito contente. Após essa surpresa, um terrível aborrecimento cairá sobre sua vida.
DOIS — Um homem rico está pensando em você. Não o troque pelo seu verdadeiro amor, mesmo porque a fortuna desse homem não vai durar muito.

ÁS — Moço de fortuna a deseja para esposa.

OURO
REI — Seu pai, ou o parente mais próximo, está prestes a ganhar muito dinheiro. – No entanto, isso não é razão para abandonar o trabalho ou deixá-lo de lado. Tal-
vez nisso consista a chave de fortuna. No próprio trabalho.
VALETE — Um moço rico, mas feio, pretende casar-se com você. Tudo que

esse moço tem é dinheiro. Quanto ao resto, nada mais. Nem beleza, nem inteligên- cia. Desista porque você jamais será feliz com ele.
DAMA — A pessoa que você ama corre perigo. Está prestes a ser atraída por outra, que é muito rica. Essa rival é perigosa, porque a fascinação do ouro é grande, e é bem capaz de atrair qualquer pessoa.
SETE — Talvez você faça uma viagem brevemente.
SEIS — Procure trabalhar com cuidado. Você pode perder seu emprego logo. E não será fácil encontrar nova colocação, tão boa quanto essa que tem atualmente. Esta carta prenuncia transtornos no seu trabalho. Cautela.
CINCO — Dentro de alguns dias virá uma carta com boas notícias. Pense em quem poderá escrever a você e espere contente. Não serão más notícias.
QUATRO — Ele ia voltar para você, mas resolveu o contrário. Encontrou uma outra que o deseja muito mais. E essa outra, além de dinheiro, tem beleza. Não tente fazer nada. Você já o perdeu para sempre.
TRÊS — Prepare-se para receber má notícia. Doença na família, mas em parente distante. Não faça nenhuma viagem nem deixe sua casa por muito tempo. É perigoso.
DOIS — Grande carta, trazendo boas notícias. Não sobre assuntos de amor, mas em negócios. Um sucesso em negócios. Dinheiro. Mas isso não quer dizer que haja felicidade.

ÁS — Um presente valioso e inesperado de alguém que você se esqueceu há muito tempo. É uma pessoa loira que você conheceu no passado, e que agora deseja voltar para você.

PAUS
REI — Um homem já idoso e rico, deseja se casar com você. Ele a admira há muito tempo e você nunca suspeitou desse amor. No entanto, ele deve ser correspon- dido, porque é sincero em seu amor e honesto em suas aspirações.
VALETE — Um homem moreno pode arruinar sua vida. Ele a está iludindo com falsas promessas de amor, e depois de conseguir o que deseja, vai abandoná-la. Tome cuidado.
DAMA — Há uma jovem morena perturbando o seu amor. É pessoa muito sua amiga e que sempre está ao seu lado, sorrindo e dizendo coisas boas. No fundo é uma traidora que se prepara para dar um grande golpe em você.
SETE — Morte na família. Morte de parente muito próximo.
SEIS — Carta trazendo más notícias.
CINCO — Desgosto profundo, mas de curta duração. No entanto, não deixa de ser uma grande dor.
QUA TRO — Alguém escreveu a você, e você zangada não quer responder. Deve fazê-lo com maior brevidade, mesmo sendo para desiludir essa pessoa que levada pelo desespero poderá se suicidar. Depois você terá um grande desgosto pesando sobre sua consciência.
TRÊS — Cuidado com os negócios. Um grande contratempo está para vir. Uma queda financeira que o perturbará seriamente.
DOIS — Briga em família. Você deverá agir como conciliador para que o lar não se desmanche.

AS — Grande viagem que não será feliz. Se puder, evite viajar dentro destes dez dias. A influência maléfica deixará de existir dentro desse espaço de tempo.

COMO TIRAR A SORTE
Agora que o leitor já tomou conhecimento do significado das cartas deverá ler atentamente o que se segue, que constitui o modo de deitar as cartas, segundo os sábios ensinamentos de São Cipriano, deixados em seus manuscritos. Procuraremos, numa linguagem simples e sintética explicar de modo a não deixar nenhuma dúvida, sabendo, sem nenhum erro, ler a sorte de quem quiser conhecê-la. Mas, deixamos aqui uma advertência importante: a sorte deve ser brada apenas uma vez por mês, a cada pessoa.

A pessoa que quer saber qualquer notícia, toma o baralho todo, e depois, parte-o em cinco porções e deita-o em forma de cruz, de modo que não veja nenhuma carta, como está indicado na figura número 1.

SEGUNDA ETAPA
Em seguida deve-se fazer a seguinte reza:
“São Cipriano, eu creio imensamente em vossa ciência, que tantas vezes disse a verdade, por isso vos peço de todo o coração que me reveleis pelas cartas, o que eu quero saber dos meus, assim como vós soubestes os males e as felicidades de vossa esposa e filhos”.
E depois, tomando a primeira porção das cartas que formam a cruz, estende uma carreira de 39

oito cartas de cima para baixo e depois estende outra carreira de mesma quantidade, até destruir completamente a cruz, como está indicado na figura número 2.

Depois de distribuir as 40 cartas em 5 carreiras de oito cartas, como demonstra a figura número 2, e quando está estiver bem alinhada, a pessoa que vê a sorte deve dizer em voz baixa ou pensar estas palavras, de modo que ninguém ouça:
“Velai, São Cipriano, pelas cartas, de modo que elas não falhem. Velai!”
Terminada a oração, deve fazer três cruzes com a mão direita sobre as cartas, e dando um passo para traz, continua a repetir a mesma reza com a cabeça inclinada para o lado das cartas, mas não deixando ninguém ouvir.
Nesta ocasião, deve estar possuído de muita fé, porque, se São Cipriano verificar que não crê, ele não se perturbará, e nada poderá ser feito.

A pessoa voltando novamente à mesa, sem proferir mais a oração, toma as duas carreiras de oito cartas, dos dois extremos, deixando somente a carreira do centro, de forma que fica com 32 cartas na mão. Depois de embaralhá-las bem, tira oito, que colocará ao lado, de duas em duas, formando uma cruz, como está demonstrado na fi- dura número 3.

Depois que tudo estiver em seu lugar, deve rezar em nome do Senhor e da Virgem Santíssima, para que não seja a operação feita somente em nome de São Cipriano.
“Ó Senhor meu Deus, eu vos peço e também à Virgem Santíssima que me façais com que estas cartas não falhem, e me digas o que se passa com o ente querido que se acha de mim ausente. Maria Santíssima, eu vos peço em nome de vosso amado filho, que sobre a cruz morreu por nós. Amém”.

E depois, deitando o resto das cartas sobre a carreira de oito, que está estendida sobre a mesa, como nos mostra a figura número 4, repete-se esta oração, fazendo cruzes”.

Se como expliquei não ficou bem claro, devo mostrar-vos por meio de uma figura como ficarão sobre a mesa os dois grupos de cartas (as 8 em forma de cruz) e as 32 cartas em uma carreira de 5. Vide figura número 5.Se por acaso a pessoa que está fazendo o trabalho ver alguma carta no momento de deitá-la, a operação fica sem efeito, e é preciso que as deite novamente, e tenha mais cuidado para não deitá-la de novo ou pela terceira vez.

Depois de tudo isso, tomam-se as outras oito cartas que ainda se acham ao lado, em forma de cruz, e deitam-se sobre as 32 que já vimos. Deste modo, sabe-se que as 40 cartas estão juntas, ou por outra, as cinco carreiras de oito, umas sobre as outras. Quando esta última operação é feita, deve ser acompanhada da última oração.
Depois desta cerimônia, não tem mais outra, e a pessoa que quer saber… corre os olhos sobre as cartas e tira a de cima que melhor lhe convier, a esmo.
Suponhamos que saiu o três de espadas, é preciso então que se recorra aos significados das cartas e iremos encontrar:
“Uma deliciosa surpresa o espera. No entanto, não fique muito contente Após essa surpresa, um terrível aborrecimento cairá sobre sua vida”.
Mas, suponhamos que, em vez de sair três de espadas, saiu o quatro de paus; consultando novamente os significados das cartas vamos achar:
“Alguém escreveu a você, e você zangada não quer responder. Deve fazê-lo com maior brevidade, mesmo sendo para desiludir essa pessoa que levada pelo desespero poderá se suicidar. Depois você terá um grande desgosto pesando sobre sua consciência”.

E assim se deve prosseguir sempre rezando Não se deve abusar da ciência do Santo porque o trabalho não terá absolutamente nenhum, resultado, se isso acontecer.
  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *