Apolônio de Tiana

Apollonius Tyaneus é considerado um dos maiores filósofos da era cristà, Francis Barret declarou que era uma das pessoas mais extraordinárias que já surgiram no muno.

Conta a lenda que ele testemunhou o reinado de 11 imperadores romanos, nascido em Tiana, na Capadócia, Apolonio foi educado em Tarso e no templo de Esculápio em Egue. Aos 16 anos tornou-se seguidor de Pitágoras, cuja disciplina estendeu a toda a vida. Seu desejo de conhecimento o fez viajar a muito spaíses do oriente.

Dizem que quando Apolônio consultava no templo de Asclépio, a frase comun na cidade era, ” Você já foi ver o menino ? “

De acordo com relatos verbais, ele realizava milagres e reformava o culto religioso onde quer que fosse. Nos banquetes espantava os convidados fazendo que alimentos exóticos aparecessem quando ordenava. As estátuas andavam e as figuras de bronze desciam do pedestal e realizavam tarefas de servo. Conta a história que ele ressucitou uma menina, oito dias após a morte.

Apolonio foi levado a corte diante do Imperedor Domiciano em Roma, acusado de ser um bruxo. Suas respostas as acusações foram tão sábias que o imperador o absolveu. Sua morte foi um mistério, muitos acreditam que ele nunca morreu. Acredita-se também que o apóstolo Paulo de Tarso era seguidor de Apolônio e tentou infundir suas idéias no ainda nacente cristianísmo.

Um grande especialísta em Apolônio no Brasil é o professor e médico Jarbas Paranhos.

A maior fonte antiga sobre ele é a biografia escrita por Filostrato. Mais acredita-se que seja uma obra de ficção baseada nos fatos da vida de Apolônio, baseado no diário de Dames, discípulo de Apolônio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *