Anjo Caído da Indonésia

No dia 11 de setembro de 2011, um vídeo fio divulgado. Nele pode-se ver um estacionamento de Shopping com pouca iluminação. De repente, um objeto luminoso cai do céu e “bate” no chão, saindo voando em seguida.
As imagens são assustadoras e, de acordo com os vários e blogs que publicaram o vídeo, várias pessoas teriam afirmado que houve um enorme ruído no momento da queda desse objeto.

Em seguida outro vídeo foi divulgado. Dessa vez, seria uma suposta continuação da história mostrando alguns jovens correndo em direção ao local onde o anjo supostamente caiu:
O boato que surgiu em seguida a isso foi, Anjo caido, verdade ou mentira.
Os anjos sempre fizeram parte do imaginário popular há centenas de anos. Muçulmanos, católicos, protestantes, tem sua mitologia própria referentes aos anjos.
Ao aceitar que o vídeo é real alguns o colocam na categoria de milagre. Outros, já afirmam que isso seria coisa do capeta, pois, de acordo com a bíblia, o anjo que caiu do céu (porque foi expulso de lá!) foi um conhecido por Lúcifer.
Seria mais um Lúcifer? Ou seria um milagre?
Assistindo aos vídeos, algumas dúvidas vêm à mente:
1 – Um anjo daria essa “brecha” de cair bem na frente de uma câmera de segurança?
2 – Um anjo, sendo um ser não físico, conseguiria parar bem na altura do nosso chão? Não passaria direto?
3 – Sendo o anjo de outra dimensão ou de outra constituição física – diferente das dos seres humanos -, seria possível fazer tamanho estrago no chão?
4 – Se o anjo tem massa para estragar uma calçada de cimento, não teria se machucado na queda?
5 – Por que o usuário que postou o vídeo criou essa conta só para divulgar apenas esse vídeo?
6 – Por que o segundo vídeo – que mostra os jovens correndo em direção ao incidente – foi postado um dia antes do vídeo feito pelas câmeras de segurança?
Claro que muitos poderão argumentar que essas perguntas podem ser facilmente respondidas. Esperamos esse debate nos comentários, por favor!
A luz do vídeo
Agora, vamos ao vídeo em si. A princípio, chegamos a cogitar a possibilidade das câmeras de segurança terem capturado um inseto próximo da lente, gerando assim a ilusão. Esse efeito “sobrenatural” criado por um simples mosquito foi explicado pelo especialista em efeitos especiais Captain Disillusion.
Mas, no caso desse vídeo do anjo da Indonésia, chegamos à conclusão de que a aparição foi feita mesmo por computação gráfica!
As falhas no comportamento das luzes denunciam a montagem feita no filme, como podemos ver nessa análise feita apelo usuário do Youtube Gleiton Freire:

A verdade veio à tona!
Dias depois do sucesso e da polêmica causada pelos vídeos, a equipe de Eventos do Shopping Center Citos se pronunciou oficialmente afirmando que contratou uma produtora para criar uma campanha para um evento de música.
“O vídeo é um teaser. Ontem tivemos muita procura de pessoas interessadas na aparição do anjo”, disse a assessoria de imprensa do shopping.
De acordo com a produção do evento, a base para a campanha publicitária, é um marketing viral usando flash mob, efeitos de vídeo e jogo de palavras:
“Venha aqui procurar um anjo você também”.
Um “anjo” seria um trocadilho para “pessoa do sexo oposto que seja bonita”!
Essa não seria a primeira empresa a bolar uma campanha com anjos caídos como tema! Em 2006, a empresa de moda Diesel contratou a agência AirLock para ajudar na divulgação a coleção Diesel Heaven. A AirLock criou um vídeo que mostrava um anjo que teria caído do céu e, semanas depois, divulgaram que tudo fazia parte do pacote de divulgação.
Conclusão:
O vídeo é falso! Mais um vídeo forjado com a ajuda de computação gráfica. Trata-se de mais uma campanha de marketing viral!
Continuarei a pesquisar e trazer a informação até vocês, estimados Seguidores e Leitores, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Grato a todos vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *