Animais Fantásticos trazidos a luz, O Grifo

Acredita-se que a história do grifo remonta a mais de cinco mil anos, a palavra grifo deriva do nome grego grypos, ou curvo, por causa de seu grande bico.

O grifo é figura de destaque na arte dos antigos sumérios, babilônicoso, caldeus, egípcios, micenianos, indo-iranianos, sírios, citas e gregos.

Na mitologia européia o grifo é quase sempre um símbolo de eterna vigilância, a na astrologia ele puxa o carro do sol.

hiperbóreos

Segundo lendas antigas, os grifos viviam num país entre os hiperbóreos, o povo do vento norte da Mongólia, e os arimaspos, a tribo de um olho só da Cítia.

arimaspos

A comida favorita do grfo é o cavalo e seu maior predador são os arimaspos  que continuamente tentavam se apoderar da vasta reserva de ouro guardada pelo grifo.

Embora seja descrito como ser de cabeça, pernas e asas de água, o grifo não se baseia na águia, e sim no lammergeier gypaetus barbatus, ou abutre de barbatana, ave com 1,20 metro de altura e com 3 metros de envergadura da asas, essa ave habita no alto dos picos montanhosos da europa meridional e seu nome em alemão significa ladrão de cordeiros.

Abutre de barbatana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *