Âmbar

Trata-se de uma resina fossilizada extraída de árvores, acredita-se que possa despertar a kundalini e absorver doenças do corpo físico.
Estimula a inteligência e combate a depressão, estimula o baço, fígado e estômago.
O âmbar é muito procurado por ciêntístas e colecionadores de fósseis, pois pode conter insetos e plantas fossilizados em seu interior.
Embora não seja um mineral, é muito utilizado para confecção de objetos e jóias, também pode ser extraído do regogito da baleia.

Sua cor é muito apreciada e muitas pessoas tem os olhos comparado com ele, por isso surgiu a expressão, olhos cor de âmbar.

Efeitos Terapêuticos
Indicação Depressão
Área da Saúde Sistema Digestivo
Usos e Aplicações
Energia que Emana Sorte
Signo Leão
Chacra Umbilical
Características
Ocorrência Rara
Origem Inglaterra
O âmbar ajuda a ver a vida com bom humor e alegria a cada passo do caminho. Tem o poder de estabilizar a vida através do equilíbrio harmônico entre elementos opostos.
Por seu caráter de relaxante mental, é usado para atrair o amor e aumentar o prazer no sexo, para assegurar a fertilidade e combater a impotência.
É excelente para o terceiro chakra, combate à depressão, o estresse, a falta de memória, tendências suicidas, auxiliando a tomada de decisões e o altruísmo.
Purifica e limpa todo o sistema digestivo e glândulas endócrinas. Aquece e fortalece o plexo solar, o fígado, os pulmões, o baço, a tireoide, o celebro, o tecido neurológico, o ouvido interno. Combate a asma, infecções, inflamações causadas por vírus, deficiências nutritivas e dor. 

 

Referências:


O Guia das Pedras e Cristais – Saiba mais sobre o poder e vibração nesta mini-enciclopédia – Volume 1 – Editora Aquários.

O Livro: A Era dos Cristais e Florais – Edgar Holus, 1 Edição – 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *