Loto Fácil Exert Profissional

Letra e Música

Dos Margaritas - Paralamas do Sucesso

Fazer um desenho nas costas da mão
Despir a consciência das dores morais
Jogar uma vaca do décimo andar
Viajar sob a lua que varre os sertões
Uma ostra chilena, um beijo em Paris
Se cortasse o cabelo e mudasse o nariz
Se Vital escrevesse a constituição
Se eu nunca quisesse quem nunca me quis
Ser dois e ser dez e ainda ser um
Se a vingança apagasse a dor que eu senti
Ser seco, ser reto, isento à moral
Se eu nunca lembrasse o estrago que eu fiz
Tudo isso me faria feliz
Absurdos me fariam feliz
Pero nada me hará tan feliz como dos margaritas
Fazer um desenho nas costas da mão
Despir a consciência das dores morais
Jogar uma vaca do décimo andar
Viajar sob a lua que varre os sertões
Uma ostra chilena, um beijo em Paris
Se cortasse o cabelo e mudasse o nariz
Se Vital escrevesse a constituição
Se eu nunca quisesse quem nunca me quis
Ser dois e ser dez e ainda ser um
Se a vingança apagasse a dor que eu senti
Ser seco, ser reto, isento à moral
Se eu nunca lembrasse o estrago que eu fiz
Tudo isso me faria feliz
Absurdos me fariam feliz
Pero nada me hará tan feliz como dos margaritas
Compositores: HERBERT VIANNA / FELIPE DE NOBREGA RIBEIRO
Letra de Dos Margaritas © Edicoes Musicais Tapajos Ltda, EMI APRIL MUSIC INC OBO EDICOES MUSICAIS TAPAJOS LTDA


Jonas Heitich BrasilAutor Jonas Heitich Brasil, crítico musical, siga-me no Facebook e tambêm no Twitter, veja tambêm meu podcast no Soundcloudcom dicas e análises de músicas, assista tambêm meu canal no Youtube com muitas playlists e análises de música.

Copyright © 2018-2019 @ Heitich Media Digital