Loto Fácil Exert Profissional

Letra e Música

Como Nossos Pais

Interplete: Belchior
Ano de Lançamento:

Não quero lhe falar
Meu grande amor
Das coisas que aprendi nos discos
Quero lhe contar como eu vivi
E tudo que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor é uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto é menor
Do que a vida de qualquer pessoa
Por isso cuidado meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal está
Fechado pra nós, que somos jovens
Para abraçar seu irmão e
Beijar sua menina, na rua
É que se fez o o seu braço, o seu lábio,
E a minha voz
Você me pergunta pela minha paixão
Digo que estou encantado
Com uma nova invenção
Vou ficar nessa cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
O cheiro da nova estação
E eu sei de tudo na ferida vivav Do meu coração
Já faz tempo eu vi você na rua
Cabelo ao vento, gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança é o quadro
Que dói mais
Minha dor é perceber
Que apesar de termos feito
Tudo, tudo, tudo que fizemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Como os nossos pais
Nossos ídolos ainda são os mesmos
E as aparências, as aparências não enganam não
Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer que eu estou por fora
Ou então que eu estou inventando
Mas é você que ama o passado e que não vê
É você que ama o passado e que não vê
Que o novo sempre vem
E hoje eu sei, eu sei que quem me deu a ideia
De uma nova consciência e juventude
Está em casa guardado por Deus
Contando o vil metal
Minha dor é perceber
Que apesar de termos feito
Tudo, tudo, tudo que fizemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Como nossos pais!

Como Nossos Pais - A Ruptura e o Novo

Acho que a principal característica dessa música é que ela marca um momento de ruptura no cenário da música popular brasileira, fechado um período em que predominava os temas políticos e iniciando uma fase em que as coisas são vistas pelo lado emocional ou efetivo, transferindo os dramas humanos do social para o psicológico.
Como nossos pais foi composta por Antônio Carlos Belchior, e lançada pela primeira vez no álbum alucinação, em 1976, interpretada na voz do autor, mais sua interpretação mais marcante, foi na voz de Elis Regina, gravada no álbum, Falso Brilhante, também de 1976. Não foi a primeira música que Elis gravou de Belchior, mais com certeza foi a mais executada.  A interpretação de Elis Regina impulsionou a carreira de Belchior, ela tinha essa característica, de acreditar nos talentos jovens e impulsionar suas carreiras.
Segundo a Rolling Stones, essa canção está entre as 100 músicas brasileiras mais influentes de todos os tempos, aparecendo na posição 43º.
A música fala da decepção de uma juventude que amadure e se vê repetindo os mesmos erros das gerações anteriores, mais também serve de alerta, para que as pessoas parem e comecem a ver o mundo de outra forma e construir uma nova realidade.
O texto dá a entender que o mundo passa por uma fase de conformismo em relação a vida, não esquecendo que a música foi gravada no período do regime militar, fase de grande censura e estagnação política e cultural. Muitos acham que Belchior faz uma crítica a alienação política, conclamando os jovens a se rebelarem contra o sistema, mais isso não fica claro e a poesia do autor parece transitar entre os dois ambientes, o progressista e o conservador, o que é muito bom.
A música traz à tona toda a sensibilidade e introspecção do autor, conhecido por ter sido uma pessoa tímida e reservada. Reflete o eterno conflito de gerações, mostrando que o mundo é feito por homens que se rebelam e outros que se acomodam, porque sempre haverá conflito de gerações, não implicando serem políticos ou emocionais, e sempre haverá quem clame por mudanças e até por retrocessos.
A letra é colocada em forma de diálogo, onde o autor parece falar para uma pessoa do sexo feminino, que se distanciou do mesmo, se acomodando a um sistema, principalmente ao fútil e material, também parecem se tratar de duas pessoas que estão amadurecendo e tomaram caminhos diferentes na vida. Atualmente parece que existe uma necessidade muito grande de politizar essa obra, devido ao fato de ela ter sido escrita no final do regime miliar e estar recheada de elementos dessa época.

Veja a fantástica interpletação de Elis Regina dessa Canção:

Uma versão sertaneja, na voz de Chitãozinho e Chororó:

Até a roqueira Pity, fez sua versão da música:

Mais para mim, a melhor interpletação ainda é a de Belchior:


Jonas Heitich BrasilAutor Jonas Heitich Brasil, crítico musical, siga-me no Facebook e tambêm no Twitter, veja tambêm meu podcast no Soundcloudcom dicas e análises de músicas, assista tambêm meu canal no Youtube com muitas playlists e análises de música.

Copyright © 2018-2019 @ Heitich Media Digital